embed embed share link link comment comment
Embed deste vídeo close
Compartilhe este vídeo close
bookmark bookmark bookmark bookmark bookmark bookmark bookmark bookmark bookmark bookmark bookmark bookmark
embed teste
Nota deste vídeo embed
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...
Tags para este vídeo tags
rate rate tags tags related related lights lights

Sucessos do repertório italiano

Nada melhor que começar com Champagne, na interpretação de Pepino Di Capri.

Peppino di Capri, nome artístico de Giuseppe Faiella (Capri, 27 de julho de 1939), é um cantor italiano.
Iniciou sua carreira no começo dos anos 60, sendo o primeiro artista nacional a fazer sucesso com um twist na Itália (Saint Tropez Twist, de 1962). Venceu os festivais de San Remo em 1973 e 1976. Venceu também o Festival de Napoli em 1970.
O cantor também disfruta de sucesso interncional, inclusive no Brasil com as canções Roberta (1964) e Champagne (1973).

E Gino Paoli, agora com mais de 90 anos e absolutamente lúcido e cantando como nunca.

Jimmy Fontana

Jimmy Fontana (nascido Enrico Sbriccoli), nasceu em 13 de Novembro de 1934, Camerino, Marche, Itália, é um ator italiano, compositor e cantor. Uma de suas músicas mais famosas é Che Sarà e Il Mondo, esta última de 1965.

Nico Fidenco

Nico Fidenco, nome artístico de Domenico Colarossi, (Roma, 24 de janeiro de 1933) é um cantor e compositor italiano. Foi um dos mais importantes nomes da canção italiana dos anos sessenta. Uma de suas canções mais conhecidas é “A casa di Irene”, que é um grande clássico, uma canção profundamente identificada internacionalmente com a imagem da Itália.

Legata a u granello di sabbia de 1.961

Emilio Pericoli emplacou com a inesquecível Al di lá

E que sucesso fez Jimmy Fontana com Il Mondo

Jimmy Fontana (nascido Enrico Sbriccoli), nasceu em 13 de Novembro de 1934, Camerino, Marche, Itália, é um ator italiano, compositor e cantor. Uma de suas músicas mais famosas é Che Sarà e Il Mondo, esta última de 1965.

Como esquecer de Se non avessi più te?

Tanto Cara, lindísima na inerpretação de Guido Renzi

Tão Querida…Tanto Cara-Guido Renzi Tradução…letra da música… em português ***********PS: corrigi a letra … pena que não posso mudar no video…ANTES era “agora , agora que eu não sou nada para voce” FICOU assim… “Agora, agora que a tenho não peço mais nada”. ************ Querida… Agradeço ao céu Que me deu você Esta minha vida Agora é vida, sabe Procurava o sol Agora está aquí comigo e nos seus olhos Obrigado… Obrigado por tudo aquilo que me dá A compreenção e o bem que me quer A ternura que encontro em você Faz-me gritar ao mundo que é Querida… Tão grande é a minha menina Com certeza… Por outra nunca a trocarei Agora… Agora que a tenho não peço mais nada. Apenas… Peço a Deus para mantê-la junto a mim Junto a mim… junto a mim… junto a mim… Querida… Obrigado por tudo aquilo que me dá A compreenção e o bem que me quer A ternura que encontro em você Faz-me gritar ao mundo que é Querida… Tão querida é a minha menina Com certeza… Por outra nunca a trocarei Querida… Tão querida é a minha menina @ninh@ Dedico a vc …saiba que sempre será a luz da minha vida…Um beijo no seu coração…

Bobby Solo – Io Che Non Vivo Senza Te. Curtiu?

Gianni Morandi emplacou naqueles anos com a linda melodia “In ginocchio da te”.

Quem se lembra de “Volare”, com Domenico Modugno “Nel blu dipinto di blu”?

Bobby Solo – un lacrima sul viso

Gigliola Cinquetti – Non Ho L’Età

Gino Paoli – Sapore di Sale

As 10 Melhores – Laura Pausini

botao-voltar

Faça um comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *